ANALÍTICA
Nos próximos anos na China pode ser criado um Instituto de Reabilitação Chinês.
Nos próximos anos na China pode ser criado um Instituto de Reabilitação Chinês. Isto foi anunciado aos jornalistas pelo presidente da Federação Chinesa de Pessoas com Deficiência Zhang Haidi.

Este trabalho será realizado no quadro do 13º Plano Quinquenal /2016-2020/. Criação de uma instituição de ensino será uma oportunidade de formar especialistas no campo da medicina de reabilitação, que irá cobrir com os serviços de reabilitação mais e mais pessoas com deficiência e melhorar a sua qualidade de vida, disse Zhang.


Como ficou conhecido, de acordo com as necessidades dos deficientes em muitas áreas foram abertos centros de reabilitação. No mesmo tempo, o desenvolvimento de centros é prejudicado pela falta de especialistas qualificados nesta área.

De acordo com Zhang Haidi, especialidades de reabilitação agora são abertas apenas em um pouco mais de 70 universidades chinesas. Anualmente, elas preparam não mais de 8 mil especialistas, o que não é claramente suficiente para atender a demanda existente.

O problema pode ser resolvido com a criação de uma instituição especializada, a constituição da qual foi incluída no programa do 13º plano de cinco anos, disse Zhang Haidi.
Made on
Tilda